ALCUNHAS - PAYSANDU SPORT CLUB

Clube do Suíço

Antônio Manoel de Barros Filho era o Suíço, nascido em Belém (onde hoje é o Acará e antes pertencia a capital) em 1899, foi um dos grandes jogadores de futebol que o Pará já teve, se destacando como o primeiro jogador a ser convocado pela seleção brasileira de futebol, e o único pela seleção principal vindo diretamente de um clube do Pará, o Paysandu. Com o "Suíço", o Papão ganhou seu primeiro Re-Pa (2 a 0), foi tricampeão paraense (o primeiro com 100% de aproveitamento) entre 1920-1922 e aplicou a maior goleada da história da competição (17 a 0 no Panther), no que foi justamente a última partida do jogador.. Morreu ainda jovem aos 23 anos, em 2 de julho de 1922.


Time do Povo

Desde a sua fundação o Paysandu Sport Club sempre foi muito querido, por seus dirigentes e a maioria de sua torcida vir de origens mais populares, diferente do rival vindo de origens mais abastadas, o Papão ficou conhecido como o "time do povo". Na Era Quarentinha entre 1956 a 1973, o Paysandu conquistou 12 títulos paraenses, a torcida bicolor que era até então inferior, passou a ser tão ou mais número que a do rival.


Esquadrão de Aço / Papão da Curuzu

Em 1939 o Paysandu reúne aquele que seria o maior artilheiro da história de Re-Pa's com 46 gols, Hélio, além de Luiz Gonzaga Lebrêgo, o Quarenta, que foi o 3º maior artilheiro do Paysandu com 208 gols. No primeiro Re-Pa pelo Parazão 6 a 3 para o Paysandu. Naquele ano o Paysandu foi campeão paraense com uma média de 4 gols por partida, 40 gols em 10 jogos. O Esquadrão de Aço ainda foi Pentacampeão paraense entre 1942-1947. A maior goleada da história do clássico foi em 1945, o famoso 7 a 0. Anterior a essa a maior goleada também era do Paysandu, um 7 a 1 em 1943, essa vitória foi uma, de uma sequencia de 9 vitória seguidas em cima o Remo. Diante de resultados tão expressivos o jornalista Everaldo Guilhon, do jornal A Vanguarda, apelidou o time de "Bicho Papão da Curuzu" por "apavorar todos os adversários".


Outras alcunhas tradicionais são:
Alviceleste
Papa Títulos do Norte
Papão da Amazônia
Maior do Norte
Lobo Mau
Papão do Norte