Foto: Jorge Luiz/Paysandu

No clássico 753 da história, Paysandu e Remo empataram em 1 a 1 no Mangueirão, pela sétima rodada do Campeonato Paraense. Foi o oitavo jogo que os azulinos não conseguiram vencer os bicolores. A partida chegou a ser ameaçada de não acontecer após problemas no reboco do estádio, que foi liberado, mas a bola só rolou uma hora depois do previsto.

Antes do pontapé inicial a preocupação envolveu os torcedores depois de parte do reboco do Mangueirão cair no Lado B do estádio, depois da vistoria dos Bombeiros, foi liberado para o jogo mas adiado em uma hora.

O técnico Mazola não pôde contar com 8 jogadores do elenco azulino, alguns suspensos por cartões, outros machucados ou em fase de transição. Hélio dos Anjos estava com todo elenco a disposição.

Aos 18 minutos, Vinícius Leite fez boa jogada pela esquerda, ganhou de Nininho na velocidade, tocou para o meio da área e encontrou Nicolas que bateu colocado, sem chance para o goleiro Vinícius, Paysandu 1 a 0.

O gol do empate do Remo saiu do pés de Eduardo Ramos que bateu falta de longe, acertando o ângulo do goleiro Gabriel Leite.

Com o placar Remo e Paysandu seguem dividindo a liderança do Parazão com 16 pontos cada, o Papão é o líder por ter melhor saldo de gols.

O Paysandu chega a 8 jogos sem perder para o Remo, última derrota foi em abril de 2018.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem