Para os torcedores bicolores o número 7 é místico, tudo porque lembram da maior goleada da história do clássico, Remo 0 x 7 Paysandu, no Baenão em 1945. No Re-Pa 752, realizado no último domingo, 9, pela quarta rodada do Parazão, Paysandu e Hélio dos Anjos antigiram o tal número místico.

Com a vitória bicolor por 2 a 1 diante do Remo, o Papão chegou a 7 jogos sem perder para o maior rival, a última derrota foi em abril de 2018, de lá pra cá são 4 vitórias dos bicolores e 3 empates.

Hélio dos Anjos atingiu o mesmo número, são 7 clássicos Re-Pa invicto, o treinador bicolor também foi técnico do Remo em 1995 quando foi campeão paraense, na época particiou de dois clássicos e venceu os dois, contribuindo para o tabu de 33 jogos invictos do Leão, a maior invencibilidade do clássico até hoje. Pelo Paysandu, Dos Anjos chegou ao seu quinto clássico invicto, 3 vitórias e 2 empates.

Os clássicos de Hélio dos Anjos:

Remo 1 x 0 Paysandu - Parazão 1995
Remo 1 x 0 Paysandu - Parazão 1995
Paysandu 1 x 0 Remo - Série C 2019
Paysandu 1 x 1 Remo - Série C 2019
Paysandu 0 x 0 Remo - Copa Verde 2019
Paysandu 3 x 1 Remo - Copa Verde 2019
Paysandu 2 x 1 Remo - Parazão 2020

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem