O mascote do Paysandu não poderá participar do clássico do próximo domingo, 9, pela quarta rodada do Parazão. No último Re-Pa de 2019 o Lobo estava no túnel, o que é proibido, e também teria provocado o banco de reservas do Remo.

Segundo a vice presidente do Paysandu, Ieda Almeida, tudo não passa de um equivoco, pois o mascote não provocou o rival, apenas saiu para comemorar os dois gols do Papão. Ieda inclusive ligou para o delegado da partida que confirmou que o mascote não provocou ninguém, mas mesmo assim o Lobo não estará na partida do próximo domingo.

Em 2019, mascote do Remo também foi suspenso de um clássico por ter feito gestos obcenos a torcida do Paysandu.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem